Sejam fieis a quem são e a quem desejam ser

(por Lisandro Gaertner)  Não vou aliviar, 2016 foi punk. Punk mesmo. Mas tempos difíceis tem seus usos. Um dos mais importantes é que, em tempos difíceis, quando as facilidades não estão assim mais tão fáceis, só temos uma coisa a recorrer: nós mesmos. E, assim, nos tempos difíceis descobrimos quem realmente somos. Nos tempos difíceis descobrimos do que somos feitos.Lisandro

Não acredita? Faça um exercício. Pense em todas as dificuldades que passou nesse ano e me diga: como você reagiu? Você riu do perigo e se jogou contra a tsunami de incertezas com um sorriso? Você deitou e chorou antes de recobrar uma coragem que não sabia possuir? Ou ainda está atônito esperando que algo ou alguém venha lhe socorrer?

Já pensou? Ótimo! Saiba que não há certo nem errado; esse é apenas você em ação em situações extremas, sendo você mesmo sem lustros ou parangolés. Se gostou de como reagiu, parabéns. Dê um tapinha no seu próprio ombro e saia em direção a 2017 ciente de que é mais forte do que imaginava. Se não gostou, parabéns também. Agora que descobriu quem é hoje, ganhou um ano inteiro para se tornar quem deseja ser no final de 2017. Afinal, cá entre nós, somos apenas aquilo que imaginamos ser.

Nesse 2016, fico feliz em dizer que pude me conhecer melhor e conhecer melhor vocês. É, vocês. Pois nos meus momentos de dificuldade tive uma reação: dividir meus sonhos e esperanças, medos e fraquezas. E descobri a felicidade de ter ao meu lado um time tão especial de amigos. Amigos que me deram conselhos, me apoiaram em minhas fantasias, me esbofetearam com a realidade, e sempre estiveram ao meu lado no melhor e no pior. A todos, meu muito obrigado.

Ah, 2017, se estiver me ouvindo, dá um refresco aí pra mim e pros meus amigos que seu antecessor, por mais que nos tenha ajudado a nos conhecer melhor, exagerou na dose.

Lisandro Gaertner é escritor convidado do Clube de Crônicas

Imagem: detalhe do quadro “Mulher olhando no espelho” de Picasso

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *